Quanto do interior baiano pude ver lá, quanto de lá posso ver por aqui….
 
Daí me pergunto…
 
Que infeliz artistas desenhou essas linhas tortas
que teimam em apagar o amor do mapa?!

 

“Creemos, y después de este viaje más firmemente que antes, que la división de América en nacionalidades inciertas e ilusorias es completamente ficticia. Constituimos una sola raza mestiza que desde México hasta el estrecho de Magallanes presenta notables similitudes etnográficas. Por eso, tratando de quitarme toda carga de provincianismos exiguos, brindo por Perú y por América Unida.” Che Guevara.

Discurso que Che Guevara proferio após alumas semanas no leprosario da Amazonia peruana, trecho relatado no livro e no filme Diários de Motocicleta.
Há dois anos (2014) realizei essa viagem que partiu de Lima, rumo ao norte do Peru até chegar na capital do Equador- Quito.

De avião retornei a Cusco onde saí de cidade em cidade pegando combi e vans que me guiaram pelas cidades do vale sagrado até Machu Picchu.

No percurso realizei Varais contando alguns Causos e mostrando imagens e historias do interior da Bahia. Impressionante como as pessoas se identificavam com as imagens e riam das mesmas coisas que rimos por aqui…

Em breve mais imagens desta jornada que sem duvidas apagou algumas fronteiras dentro de mim e expandiu meu mapa afetivo pra além do Equador.